MICROSOFT EDGE – Novo Navegador da Microsoft é Competitivo.

00_diversos_blog

 

O NOVO NAVEGADOR DA MICROSOFT “CHEGOU CHEGANDO”.

O velho Internet Explorer da Microsoft sempre foi alvo de criticas e sinônimo muitas vezes de “problemas” para quem usa Internet. E com o aparecimento de outras fabricantes de navegadores, os internautas passaram a ter mais e melhores opções como o Firefox, Chrome e o Opera.

Com a chegada do Windows 10, a Microsoft resolveu “construir do zero” um novo navegador de Internet, para competir com seus concorrentes. Nasce então o Microsoft Edge, que promete ser um páreo duro para os browsers atuais.

O logotipo do Edge lembra de longe o navegador antecessor da Microsoft, mas as semelhanças acabam aí. O Edge é realmente rápido, e funciona muito melhor que o Internet Explorer antigo. Já em testes de desempenho contra outros navegadores, o desempenho do Edge foi superior ao Chrome, chegando a ficar em 112% mais rápido.

benchmarkGráfico de Benchmark do navegador Edge e outros navegadores. Edge é superior.

O navegador tem várias novidades como por exemplo o Web Note onde o usuário poder fazer anotações e rabiscos na tela, o que é útil para quem usa tablets e dispositivos portáteis. Pode-se também compartilhar essas anotações com seus contatos Você pode ver no vídeo a seguir.

 

 

O Edge está conectado com a assistente virtual Cortana, que pode ser usada em conjunto para executar tarefas de pesquisa entre outras coisas. As pesquisas também foram otimizadas e você não precisa ir até um site de pesquisa. Basta escrever na barra de endereços e sugestões de pesquisas aparecerão instantaneamente.

Esses resultados podem vir da Internet, seu histórico de navegação ou favoritos. Também há um novo modo de “exibição de leitura” que coloca em destaque o que você estiver lendo “limpando” a tela e dando destaque ao texto, que pode inclusive ser alterado o tamanho da fonte para maior comodidade de leitura.

Uma outra novidade do Edge é o chamado HUB, local onde você pode “guardar” as coisas que pesquisa e coleta pela internet. Dentro do HUB também há uma lista de leitura, onde você pode colocar artigos e sites para ler depois ou offline.

A única coisa que até agora está impedindo que o Edge “tire uma nota 10” é o fato de que ele ainda não aceite extensões. Sendo assim, plugins que são utilizados em outros browsers não “compatíveis” nem rodarão no Edge. Sobre isso a Microsoft “prometeu” abrir o seu navegador Edge para extensões e plugins de terceiros em breve.

Tirando esse pequeno detalhe, o Edge chega fazendo barulho na concorrência pelos navegadores de Internet. O visual do Edge é limpo e lembra um layout minimalista e segue uma tendência flat como a do Windows.

Realmente o navegador da Microsoft chegou mostrando serviço e disposto a competir de igual para igual com os concorrentes.


 

Desde 2005 fornecendo qualidade.